sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Participação no iNEO 2009


A insustentável leveza do ser é uma abertura de texto muito boa, mas é também um livro incrível do escritor tcheco Milan Kudera. A "insustentável" porque a participação de uma figura referencial na mídia como Marcelo Tas em um evento de tal envergadura - o iNeo 2009 - é um presente e, portanto, seria insustentável não tê-lo como mediador e palestrante - não é puxasaquismo, o criador do repórter Ernesto Varela é um mestre midiático mesmo.

A "leveza do ser" é a configuração da qual o meu espírito sentiu quando pude expor algumas das minhas idéias sobre o jornalismo como função social e o auxílio das redes sociais nessa "equação".

Agradecer ao Fred Perillo, organizador e coordenador do evento, que me proporcionou um momento único, uma das melhores tardes de 2009. Na verdade eu sou muito tímido com essas coisas, falar em público, porém, falar de duas paixões que tenho entre tantas me motivou a falar, o jornalismo e as redes sociais - a midiática transformação proporcionada no ciberespaço em unir todas as pessoas em uma "aldeia global" - hello mr. Marshall McLuhan -. Conceber para um público tão receptivo vias de acesso sobre as possibilidade que as redes sociais podem proporcionar no aperfeiçoamento da maneira como eu, jornalista, posso transmitir a informação, transformar dados em algo que catalise (provoque a transformação), me motivou a quebrar um paradigma pessoal e que eu pensava que estava esquecido, desde a época da faculdade.

Mas ver pessoas tão inteligentes, íntegras em emitir conhecimento e absorver dados me deixou à vontade, afinal, eu estava ali pelo mesmo motivo, com a intenção de aprender. Márcia Matos do SEBRAE, mestre Marco Bonito, professor da UNIR e "informívoro" e Alexandre de Oliveira, design gráfico e multimídia, que dividiram a mesa com o primeiro painel do dia do evento, OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS NAS REDES SOCIAIS, foram receptivos e generosos para com todos os presentes e fazer parte desse momento foi muito gratificante.

O evento que se trata de um seminário de conhecimento com o tema Mídias Digitais e Redes Sociais é proporcional ao boom (explosão mesmo) que ocorre em Rondônia. Da mesma forma que está ocorrendo uma transformação social urbana (construções à dar no rodo por conta das usinas do Madeira - seria um dos motivos e não "o motivo"). A necessidade de comunicação, de interagir, mediar a informação com responsabilidade e dar possibilidades às pessoas de estarem juntas através da mídia digital (seja com as redes sociais, webjornais, blogs referente, etc) seria um tema dividido em série que deveria estar na constância de pesquisa e estudos entre estudantes, empresários, publicitários e jornalistas.

O iNEO mostra uma ponta que pode gerar um leque de possibilidades e dar ciência a idéias, concepções e maneiras distintas de unir a mídia (não só digital) com as redes sociais, capacitando a criatividade de estar em evidência no mercado - que oferece oportunidades espetaculares.

TV, internet, celular, redes sociais, são peças intrísecas de um mesmo corpo. Quando William Gibson deixou a marca do cyberpunk com o seu romance NEUROMANCER (1984), motivou as inconstâncias da geração cibernética, onde a frieza da tecnologia sensorial se contrasta da necessidade do homem em estar interagindo sempre com o seu semelhante através de uma rede de relacionamento quase sempre nociva - isso é uma visão libertária e crítica, polida em uma ficção que poderia servir de alerta, mas ainda estamos vivenciando os momentos iniciais da verdadeira REVOLUÇÃO.

O iNEO dá o que pensar, articular e pesquisar. É um dos primeiros passos necessários para motivar estudantes, pesquisadores, empresários e curiosos em participar e acrescer com dados a relação do homem com mídia digital. Essencial em tempos de profundas transformações ambientais, sociais, educacionais e emocionais, grande parte motivadas pelas redes sociais (estaria eu exagerando?)

Que venha iNEO 2010. Fred, mais uma vez obrigado pela ótima tarde que passei ao lado de pessoas tão ilustres e um mediador atencioso.

2 comentários:

Marco Bonito - O Informívoro disse...

Texto brilhante e delicioso para este ser informívoro. Foi muito bom compartilhar contigo aquela mesa no iNeo´09, nem nos falamos direito no "mundo real", mas já percebi que realmente há vida inteligente em meios a tantos blogs e sites ruins aqui em Rondônia... Vc foi bastante citado pelo Marcelo Tas lá em Rio Branco, lembrou da sua participação em várias oportunidades... realmente foi significativa.
Sucesso com o blog e com o site, conte comigo para o que precisar... abraços!

Nome: Celso Gomes disse...

Marcos, parabéns pela sua participação no iNEO. Realmente vc deu e dá exemplo de espírito empreendedor. Um forte abraço e sucesso à Equipe.

www.twitter.com/_celsogomes_